Darth Otavinho
27 abril 2011

Aproveitando o lançamento do livro “Triângulo Rosa” a Folha.com lançou a seguinte enquete:

sexo gay no nazismo

Por favor não demitam o estagiário.

Infelizmente eles tiraram do ar poucas horas depois de publicar, mas dá para acessar ainda no cache do google: http://bit.ly/lfHiXB

.

Livro Triângulo Rosa – Um homossexual no campo de concentração nazista

Em 2008, aos 96 anos, Rudolf Brazda decidiu contar ao mundo os horrores que viveu sob o regime nazista. Filho de pais tchecos e homossexual, Brazda ficou preso em um campo de concentração em Buchenwald de 1942 a 1945.

Estima-se que 10 mil homossexuais foram mortos por Hitler até o fim da Segunda Guerra Mundial. Marcados com um triângulo rosa invertido, hoje símbolo do movimento gay, eram obrigados a trabalhar como escravos, eram humilhados e mortos sistematicamente.

Fonte: Revista Lado A

6 Comentários

  1. Luziangela Lima
    06/05/2011

    Mais uma pérola da Folha, sinceramente vcs são melhores. Até onde vai o nosso jornalismo?

  2. 04/05/2011

    Oi, Lino, você pode me informar um site para eu criar minha capa da Falha:

  3. Remindo Sauim
    04/05/2011

    Alguém saiu do armário!!!!

  4. Ahhhh, mas é lógico que sem beijo na boca… .UHAHUAHUAHUAHUA

  5. Júlio Lima
    28/04/2011

    Putz! Essa Folha é incrível.

Deixe seu comentário

"Tratar o humor como ilícito, no fim das contas, é a mesma coisa que censura"

Tais Gasparian, advogada da Folha que assina o processo de censura à Falha, sobre a ação que a atriz Juliana Paes moveu contra José Simão em 2009. Dois pesos, duas medidas...

Licença Creative Commons