Darth Otavinho

Posts Tagged ‘wikileaks’

13 janeiro 2011

Moreno, nosso cão militante, reflete sobre a questão

As entidades que estavam no ato pró-WikiLeaks (que acabou virando também um ato pró-Falha) que aconteceu mês passado em São Paulo lançaram um abaixo-assinado. A redação é de João Brant, do excelente Intervozes, e o abaixo-assinado denuncia três atentados à liberdade de expresão e à livre circulação de ideias –ameaças ao WikiLeaks, a censura da Falha e ao CMI, o Centro de Mídia Independente. Para ler o breve texto e assinar a petição, clique aqui.

Sobre a Falha, o abaixo-assinado diz: No Brasil, a mesma Folha de S. Paulo que exalta a liberdade e tem acesso pleno aos documentos sigilosos da diplomacia norte-americana sobre o Brasil mantém um processo contra o FALHA de S.Paulo, um site de paródia à Folha de S.Paulo que tinha fotomontagens, críticas rápidas e bem-humoradas ao noticiário deles. O jornal processou os dois cidadãos que mantinham voluntariamente o site por “uso indevido da marca” e pede indenização em dinheiro. Enquanto a mesma Folha defende o direito de praticar o humor contra personalidades, ela busca calar quem a critica usando a legislação de propriedade intelectual. Trata-se de uma inaceitável censura ao direito de qualquer um criticar os erros da mídia.

23 dezembro 2010

Trecho da entrevista publicada por O Estado de S. Paulo hoje:

Sobre liberdade de informação na América Latina, qual a avaliação do sr.? É algo que preocupa ou não mais do que em outras regiões?

Há boas leis e proteções constitucionais em vários países latino-americanos. Mas a questão é se essas leis estão sendo seguidas na prática. A associação entre Estados (e seus Poderes Judiciários) e empresas pode permitir a censura na prática. Entendo que há um grande escândalo em relação ao blog Falha de S. Paulo, que é uma sátira ao nome do jornal com o qual temos uma parceria no Brasil. Entendo a importância de proteger a marca e temos sites similares que se passam por WikiLeaks. Mas o blog não pretende ser o jornal e acho que deve ser liberado. A censura é um problema especial quando ocorre de forma camuflada. Sempre que haja censura, ela deve ser denunciada.

Leia mais no blog de Natalia Viana, jornalista colaboradora do Wikileaks e também no site do Estadão.

14 dezembro 2010

Otavinho Vader - Galera do bem?! Vocês vão ver só! Hua hua hua hua!!

Quer trocar uma ideia com a gente e com a genial Natália Vianna, jornalista (e amiga) que representa o Wikileaks no Brasil? É só baixar amanhã (quarta, 15/12)) no ato-debate Wikileaks: o que está em jogo? no auditório do Sindicato dos Engenheiros (Rua Genebra, 25,  São Paulo, próx. à Câmara Municipal). A organização é de uma pancada de gente bacana, como Intervozes, Casa da Cultura Digital, Centro de Estudos da Mídia Barão de Itararé, CMI-Brasil etc etc etc. Enfim, toda uma galera do bem.

Otavinho, Sérgio “vai brincar com a Ford pra você ver” Dávila, Taís Gasparian:  nóis é pequeno e não fala ingrêis, mas porque vocês apoiam o Assange mas processam a gente?…

9 dezembro 2010

Sérgio Dávila (big boss da Folha, abaixo apenas do Otavinho) nos acusou de “capitalizar” com o combo censura + pedido de dinheiro que a Folha nos aplicou em forma de um processo de 88 páginas. Não sei que raio de capitalização é essa que toma tempo, dinheiro e horas de sono, mas beleza. Mas tem suas compensações. No mesmo evento em que ele falou essa bobagem ponderou essa questão vem o Bob Fernandes (editor-chefe do portal Terra) e fala o óbvio, ainda mais em tempos de Wikileaks: para um blogueiro independente se defender do ataque de uma mega-corporação, tem que mobilizar a rede. Caso o moço da Folha não tenha percebido, não temos departamento jurídico, assessoria de imprensa ou rabo preso, então é exatamente isso que estamos fazendo: esperneando e pedindo ajuda pro povo, afinal o ataque atinge a toda internet brasileira. E vamos continuar trombetando, ah se vamos…

9 dezembro 2010

Finalmente editamos alguns momentos curiosos do tal “Seminário de Liberdade de Imprensa” evento-lobby organizado pelos donos dos jornais e afins lá na TV Cultura outro dia. Olha, já vi gente reacionária, mas como esse Demétrio Magnoli tá pra nascer.


"Tratar o humor como ilícito, no fim das contas, é a mesma coisa que censura"

Tais Gasparian, advogada da Folha que assina o processo de censura à Falha, sobre a ação que a atriz Juliana Paes moveu contra José Simão em 2009. Dois pesos, duas medidas...

Licença Creative Commons