Darth Otavinho
5 dezembro 2011

.

Na quinta-feira dia 1º/12, aconteceu no programa Desculpe a Nossa Falha da #posTV um ótimo debate sobre a construção da usina de Belo Monte. Boas análises e discussões acerca do tema são raras, então o programa chamou a atenção. Estiveram ao vivo no estúdio da Casa Fora do Eixo Felipe Milanez (jornalista independente especializado em Amazônia), Daniel Bramatti (repórter de Política de O Estado de S. Paulo) e Marcelo Carneiro da Cunha (jornalista, escritor e colunista do Terra Magazine). O programa jogou uma boa luz na discussão e ajudou muita gente a se informar melhor sobre o tema, que é complexo.

*************************

Se quiser saber mais sobre o projeto da #posTV e assistir nossos outros programas, clique aqui.

Para saber que site é esse e que história é essa de Folha X fAlha, clique aqui.

No nosso canal do You Tube você vê todos os vídeos da Falha (#posTV, audiência em Brasília, apoios etc).

2 Comentários

  1. admin
    20/12/2011

    Obrigado pelo comentário, André, a idéia é essa mesmo.
    Grande abraço, Lino

  2. Andre Luis Elizio de Souza
    18/12/2011

    Apesar de este site ter sido indicado por um colega petista, gostei que não houve manipulação a favor da esquerda, e ouvi na matéria fatos contra e a favor do atual governo. Esta isenção, esta imparcialidade, abrindo espaço para os dois lados, me fez adorar o site. Estou enojado com os atuais sites e mídias ditas “independentes”, onde só se fala do PT como uma instituição “do bem”, e do PSDB como o “mal incarnado”.
    Sou professor e funcionário público, não sou nem da direita nem da esquerda, e destesto qualquer tipo de manipulação, tanto da imprensa maior quanto dos “jornalistas independentes”, tanto da direita quanto da esquerda.
    Meus parabéns ao pessoal do programa por promover um debate saudável. Assim é que deve ser o jornalismo: divulgar as notícias, apontando os impactos na sociedade, sem “puxar” para um lado ou outro.

    André Luis
    Curitiba-PR

Deixe seu comentário

"Tratar o humor como ilícito, no fim das contas, é a mesma coisa que censura"

Tais Gasparian, advogada da Folha que assina o processo de censura à Falha, sobre a ação que a atriz Juliana Paes moveu contra José Simão em 2009. Dois pesos, duas medidas...

Licença Creative Commons